Reginaldo Lustosa

Encantaria e Terecô do Piauí:
Saberes e Fazeres de uma Tradição Nordestina

O projeto se justifica pela relevância cultural e social da encantaria e do terecô do Piauí, que são manifestações religiosas afro-indígenas que se desenvolveram na região Nordeste do Brasil, especialmente no estado do Piauí, e que envolvem a crença em seres encantados, como família de léguas, caboclos, exus, pombagiras, baianos, marinheiros, entre outros. Essas manifestações expressam a diversidade e a riqueza do patrimônio cultural brasileiro, bem como a resistência e a identidade dos povos originários e afrodescendentes que contribuíram para a formação da nação.

O projeto também se justifica pela importância de valorizar e divulgar o trabalho de Reginaldo Lustosa, que é um líder espiritual, cantor, compositor e youtuber piauiense, umbandista batizado na Casa São Lourenço de Pai Loro e iniciado na Encantaria por sua Avó Tacila Rezadeira e há mais de 10 anos se dedica a estudar, praticar e ensinar sobre a encantaria e o terecô do Piauí. Em seu canal de YouTube, ele compartilha vídeos semanais sobre espiritualidade, cultura e ancestralidade nordestinas, além de mostrar suas vivências e experiências com as entidades que incorpora e ensinamentos de rezas que aprendeu com sua avó Tacila Rezadeira falecida em janeiro de 2023. Seus vídeos têm alcançado milhares de visualizações e seguidores, demonstrando o interesse e a curiosidade do público pela temática abordada.

O projeto pretende contribuir para a preservação, a difusão e a valorização da encantaria e do terecô do Piauí como expressões culturais brasileiras, bem como para a promoção da diversidade religiosa, do respeito às diferenças e do combate à intolerância. Além disso, o projeto visa apoiar o trabalho de Reginaldo Lustosa como agente cultural e gerador de renda para si mesmo e para sua comunidade.